01/03/2021, Segunda-Feira
 
 
    Fonte tamanho normal Dominuir a fonte Aumentar a fonte Contraste da tela
Ouvidoria
Sugestões, críticas, reclamações
Editais
Editais publicados
pela UVA
Calendário Acadêmico
Agenda das atividades acadêmicas
Vestibular/Concursos
Informações sobre Vestibular/Concursos
Portal de Serviços UVA
Acesso aos Sistemas da Universidade.
 

Edições UVA

Manual TCC

Guia Aluno

Revista

Telefones Úteis

ZICA

ABRUEM

       
Notícias - Pesquisadores da UVA sintetizam e estudam o comportamento de moléculas contra COVID-19
Gerar PDF


Uma série de compostos orgânicos denominados 4′-acetamidochalconas, sintetizados no Laboratório de Química de Produtos Naturais da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA), podem contribuir para o desenvolvimento de um novo agente antiviral, com potencial inibitório contra as proteínas do vírus da COVID-19. É o que aponta pesquisa realizada pelos professores do Curso de Química da UVA, Hélcio Silva dos Santos e Paulo Nogueira Bandeira, publicada em janeiro de 2021, na Revista Biochemical and Biophysical Research Communications

De acordo com o Prof. Hélcio, as 4′-acetamidochalconas sintetizadas foram capazes de inibir a interação do vírus com as células hospedeiras através da ligação à proteína ACE2 ou Spike, “provavelmente gerando um impedimento estérico e, além disso, essas chalconas apresentam afinidade por enzimas importantes em processos pós-traducionais, interferindo na replicação viral”, explica. 

O Prof. Hélcio explica, ainda, que os resultados obtidos com essas moléculas fazem parte da etapa preliminar aos testes in vitro e “caso todos os ensaios feitos nos laboratórios da Fiocruz-CE sejam satisfatórios, a pesquisa será ampliada para os estudos in vivo para, futuramente, tornarem-se um fármaco a ser testado em seres humanos”.

Realizada no período de março a julho de 2019, com a colaboração de cientistas da Fiocruz/CE, Universidade Regional do Cariri (URCA), Universidade Estadual do Ceará (UECE) e da Universidade Federal do Ceará (UFC), a pesquisa inicialmente testava o composto sintetizado contra a Zica e a Chicungunha. 

O trabalho tem apoio da Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Funcap), por meio dos editais Inova Fiocruz e Bolsa de Produtividade em Pesquisa, Estímulo à Interiorização e à Inovação Tecnológica (BPI). 

O artigo intitulado “In silico study of the potential interactions of 4′-acetamidechalcones with protein targets in SARS-CoV-2”, está disponível para acesso em https://doi.org/10.1016/j.bbrc.2020.12.074

Fonte: Prof. Murilo Sérgio da Silva Julião (Curso de Química/UVA)

Você pode compartilhar esta notícia em suas redes sociais, acessando os ícones abaixo.





19.02.2021
Assessoria de Comunicação e Marketing Institucional da UVA
Universidade Estadual Vale do Acaraú - UVA
(comunicacao@uvanet.br / 88 3677-4271)

Lido 242 vezes
000011
Compartilhar:



Universidade Estadual Vale do Acaraú - UVA - Av. da Universidade, 850 - Campus da Betânia - Sobral-CE
CEP: 62.040-370 - Ver localização no mapa - Telefone para contato: (88) 3677-4271
© 2021 - Governo do Estado do Ceará. Todos os direitos reservados.